• Quando você é criança, cai, rala o joelho e chora como se fosse a pior dor do mundo.

    Depois você cresce, então vem a vida e te obriga a aprender que ralar o joelho não dói nada,

    e que os machucados que mais doem, ficam no coração.

     A culpa é mesmo das estrelas? 

    Procuro despir-me do que aprendi

    Procuro esquecer-me do modo de lembrar que me ensinaram,

    E raspar a tinta com que me pintaram os sentidos,

    Desencaixotar as minhas emoções verdadeiras,

    Desembrulhar-me e ser eu.

     Fernando Pessoa


  • Comments

    No comments yet

    Suivre le flux RSS des commentaires


    Add comment

    Name / User name:

    E-mail (optional):

    Website (optional):

    Comment: